Salto do Monjolinho: proximidade de comércio e serviços

Com o crescimento de toda cidade, as residências vão ficando cada vez mais distantes do centro e a população urbana naturalmente vai se assentando nos arredores. Um grande problema, para todo bairro novo é a distância que os moradores acabam ficando, em alguns casos por décadas, carentes de uma boa rede de comércios e serviços.

Em muitos casos, os empresários demoram um pouco para se instalar nos bairros, até sentirem que a demanda é suficiente e também analisarem qual é o perfil dos moradores. Também, os loteamentos muitas vezes são aprovados de acordo com leis de zoneamento que podem até impedir a instalação de determinado tipo de comércio e serviço. 

O Salto do Monjolinho, o novo bairro que nasce em São Carlos, foi aprovado de forma que todos os seus lotes tenham uso misto, ou seja: residencial, comercial ou serviços. Com isso, o novo bairro já nasce com a porta aberta para que se instalem no bairro os negócios que fazem a diferença na escolha de um lugar para morar.

Padarias, lanchonetes, supermercados, clínicas, petshops, quitandas, etc. Ainda que a tendência é que o bairro, pelo seu padrão e suas condições de comercialização, rapidamente seja dotado destas benesses, o Salto do Monjolinho nasce com uma vantagem: está ao lado do Centro, ao lado do Shopping Iguatemi e ao lado da Vila Prado, a poucos minutos de qualquer comércio e serviço que geralmente não se encontram em bairros.

Uma outra desvantagem de se morar em bairros novos, e talvez a principal, seja para a maioria das pessoas a distância do trabalho.  Porém, o Salto do Monjolinho está localizado bem no encontro de três dos cinco eixos estruturantes de São Carlos: a Avenida Comendador Alfredo Maffei na Rotatória do Cristo, a Avenida Bruno Ruggiero  e a Avenida Tancredo Neves.

Os eixos estruturantes de São Carlos são 5 trechos que foram definidos pelo Plano Diretor (Lei Municipal Nº 18.053, de 19 de Dezembro de 2016) como “principais vias urbanas que estruturam o Município”. 

São, traduzindo, os caminhos por ordem a cidade circula com maior intensidade. São as artérias principais do trânsito do município, que em linha reta e com pouca ou nenhuma interrupção levam ao centro (Comendador Alfredo Maffei), ao norte (Bruno Ruggiero) e ao sul Avenidas Tancredo Neves e Grécia) de São Carlos.

No Plano Diretor, está previsto que os objetivos dos eixos estruturantes são: “incentivar o adensamento destas áreas, dotadas de boa infraestrutura; estimular a implantação de empreendimentos de uso misto entre habitação, comércio e serviço; a paisagem urbana, intensificando e consolidando a ocupação existente e estimulando a ocupação de vazios urbanos, aproveitando a infraestrutura local e promovendo a função social da cidade e da propriedade;
e qualificar a oferta de transporte coletivo e demais infraestruturas da região”.

Ou seja: oficialmente são áreas que têm como vocação o progresso e o desenvolvimento.

E o Salto do Monjolinho, mesmo estando no coração deste sistema, ainda tem a vantagem de propiciar aos seus moradores viver em contato com a natureza, um fator que cientificamente prolonga a vida das pessoas. 

 

 

Quer conhecer mais sobre este novo bairro? Acesse: www.saltodomonjolinho.com.br

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *